shield ethernet com slot pra micro SD

Insira seu título aqui:

0

Sim eu estou vivo e sei que faz tempo que não venho aqui, mas tenho uma boa desculpa…mentira :(

Após meses de pura preguiça e desânimo, volto aqui para dizer que estou dando continuidade ao projeto de automação, sim ele ainda existe, com uma pequena modificação na comunicação, que antes era por bluetooth e agora será via ethernet.

Não, eu não me dei por vencido, mas o alcance do bluetooth se tornou inviável para o projeto. Atravessar paredes não é o forte dele. Eu já sabia disso quando comecei, mas por pura teimosia eu levei adiante com a ideia de aumentar o sinal com uma antena de 9dbi. O que foi totalmente descartado no final de semana após uma conversa com alguns usuários do canal #arduino.

Então, segui a ideia do amigo Razec, que também está com um projeto parecido e merece a visita ao blog dele. Comprei um shield ethernet aqui: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-428802812-arduino-ethernet-sd-shield-w5100-pronta-entrega-_JM que provavelmente será enviado hoje. Assim que chegar faço um post sobre o mesmo.

shield ethernet com slot para micro SD

Deixando o papo de automação um pouco de lado, aí vai um resumo do que aconteceu durante esses meses:

Eu troquei novamente a ROM do meu celular, agora uso a Apocalypse que é baseada no CyanogenMod 7. Recomendo, principalmente se você estiver com outra ROM que esteja apresentando instabilidade com o botão “menu” (meu caso).

ROM Apocalypse Galaxy Ace

Comprei o jogo Rocksmith para PS3 e uma guitarra ( Sr. Óbvio) e é simplesmente fantástico. É incrível a possibilidade de aprender guitarra com um videogame. Não é meu caso, pois minha coordenação motora é zero. Ah, sobre o lag que muitas pessoas vem comentando na internet, eu tenho o PS3 conectado na TV apenas pelo cabo HDMI e o lag é ZERO, não configurei nada, só pluguei o cabo e me diverti.

Fui ao Paraguai, mais especificamente em Pedro Juan Caballero. O motivo?? COMPRAR. Comprei um Nintendo 3DS para namorada, um PS Vita para mim, mais algumas coisas que eu não lembro e um monte de doces.

PS Vita, até que é bonitão

Agora temos mais um membro na família, batizada de Katrina (sim, por causa do furacão) uma filhote de Pit Bull. Confesso que não gostei da ideia do meu pai arrumar um cachorro dessa raça, mas eu estava enganado. A Katrina é muito dócil e obediente.

Outra coisa bacana e mais recente foi o passeio por Curitiba. Mesmo que a a viagem tenha durado apenas dois dias foi muito legal. Contei com a solidariedade dos amigos Paulo Ricardo e Ruan Canavarro que nos acolheram de braços abertos, obrigado amigos! Um obrigado também para minha namorada e meu grande amigo Jhean Lucas por me acompanharem nessas loucuras. Fui para realizar um sonho, ir em um show do NOFX e foi o melhor show que já fui até hoje.

Acho que isso foi tudo que ocorreu durante esse tempo, talvez algumas coisas ruins, mas isso não merece ser citado.

Rock no interior, atraso e show do Matanza.

5

Ontem, 21/01/12, o Casavelha trouxe o Matanza aqui pra monótona Três Lagoas-MS. Nós não estamos acostumados com esse tipo de banda por aqui então pra galera que curte (EU \o/) foi uma grande surpresa.

Quem gosta de rock tem que se virar pra ir para outras cidades onde acontecem shows com mais frequência, Barnal Rock Bar em Ilha Solteira-SP, o bom e velho Tomarock em Castilho-SP é um bom exemplo. Agora temos também o Casavelha. Aqui quando toca algo diferente de sertanejo os “fidalgos” torcem o nariz. A prefeitura tentou incentivar um tempo, mas não sei o que diabos virou aquilo.

Cheguei no local ontem por volta das 22h, culpa de um amigo que disse que eu teria que chegar mais cedo pra pegar uma mesa. Sabendo que estava muito cedo, ou não, ficamos jogando conversa fora e revendo uns conhecidos, mas após passado a primeira hora e o tempo fechando, dando sinais claros de que iria chover os ânimos foram aumentando. Passando a segunda hora e os primeiros pingos caindo a galera chegou no limite.

Um cara pedindo o dinheiro de volta e batendo boca na portaria (vi um cara fazendo isso quando estava entrando, explicando para não generalizar também), os xingamentos do lado de fora (aí era geral), achei que o caos tomaria conta, mas felizmente não, bem, eu acho, pois antes da chuva cair conseguimos entrar. O que não adiantou de nada, pois ainda ficamos esperando mais uma meia hora antes de liberar o local que ficaríamos frente ao palco.

Depois disso tudo começou o show e…PUTA QUE PARIU foi demais, a galera ficou bem animada, geral cantando, não tocaram só as musicas do CD novo escutei todas as que eu queria, pulei, gritei, beijei minha namorada, abracei meus amigos bêbados, resumindo? Foi mais do que eu esperava e sai bem feliz de lá.

No geral, parabéns Casavelha pelo evento foi realmente muito bom e imprevistos acontecem. Espero que o pessoal que está lendo isso não fique chateado, achando que estou criticando a organização, tá, talvez um pouco, mas acho que faltou realmente um dialogo com a galera, não adianta nada culpar os produtores do Matanza, não compramos ingressos com eles. E a todos os meus amigos que estavam trabalhando lá, PARABÉNS vocês foram FODA, correram atrás, batalharam mesmo, nota 10.

Vou ficar devendo as fotos, pois eu não tirei nenhuma e a câmera da minha namorada estava sem bateria, valeu gata :roll: .

Android, Arduino e a automação da minha casa.

2

Faz um bom tempo que eu tenho um Arduino Duemilanove, mas nunca utilizei ele pra nada de útil. O único projeto que cheguei a concluir foi um cubo de LED 3x3x3 e até que ficou legalzinho (o que não deixa de ser inútil). Eu sempre quis usa-lo para algo grande, só não tinha ideia do que.

Há algum tempo baixei e instalei a SDK do Android sem grandes expectativas, nunca me dei bem com Java então não esperava conseguir muito. A verdade é que a documentação do Android é tão completa que as coisas fluíram muito bem e estou me divertindo. O pessoal do canal #android-br estão me ajudando muito também. O problema sou eu e o Java, não tenho um grande conhecimento em programação então as coisas estão difíceis em algumas partes.

O projeto.

A principio iria apenas controlar a lampada e o ventilador do meu quarto, mas quando fui comprar os componentes acabei achando outras coisas úteis e “expandi” o projeto. Comprei módulos receptores e emissores de infravermelho para controlar a televisão e os videogame, o Arduino se transforma em um controle remoto universal (essa parte já está funcional por usb).

Como eu não queria depender de um computador ligado o tempo todo resolvi que a comunicação seria por bluetooth e é aí que entra o Android . Essa está sendo a parte mais difícil, pois ainda estou aprendendo então vai demorar um pouco. Mas confesso que optei pelo Android por isso, queria muito aprender e nada melhor do que noites acordados para conseguir isso :) .

O resto depende dos relés que controlarão as lampadas e o portão, serão instalados em paralelos para que os interruptores continuem funcionando, ou seja, as lampadas acendem pelo Arduino e pelo interruptor normal.

Os componentes.

A ideia principal é ficar o mais barato e simples possível, ficando assim acessível a todos. Fui atrás dos melhores preços e qualidade dos componentes. Sobre o preço, já sabia que teria que importar tudo. Não me orgulho de dizer isso, mas arriscar ser taxado pela receita federal na maioria das vezes compensa muito mais que comprar no Brasil, sendo o único problema o tempo da entrega que varia de 25 a 45 dias.

Comprei tudo no SeeedStudio, optei pelo kit Grove por causa da facilidade do mesmo. O tempo de entrega  foi de 32 dias corridos e não precisei pagar o roubo imposto. O custo total foi de $53.90 , comprei os seguintes itens:

1        *      Customize your Grove Kit (KIT83145P)
2        *      Grove – Universal 4 Pin 20cm Cable (5 PCs Pack)
1        *      Grove – Base Shield
1        *      Starter Bundle Harness
4        *      Grove – Relay
1        *      Grove – Infrared Emitter
1        *      Grove – Infrared Receiver
1        *      Grove – Serial Bluetoothn
1        *      Grove – Universal 4 Pin 20cm Cable (5 PCs Pack) (ACC11317O)

(sim, copiei do e-mail, preguiça de digitar :S)

As traquitanas (prometo tirar fotos melhores)

As traquitanas (prometo tirar fotos melhores)

Conforme eu for progredindo vou atualizando aqui, é que agora ando ocupado estudando a documentação e os exemplos sobre bluetooth (empaquei nessa parte).

Tenho que escrever também sobre a minha tatuagem, é, tomei coragem. Ainda farei esse post

Logo da Cyanogen

Android e o mundo das custom ROMs

0

Tentando entender.

Todo aparelho de celular com Android vem com uma modificação no sistema por parte do fabricante, essa alteração serve para que o mesmo se adapte ao hardware e tenha uma configuração padrão. Para entender isso basta pegar o mesmo aparelho distribuído por operadoras de telefonia diferentes, você verá diferenças na aparência (tema), aplicativos, configurações, dentre outras coisas. Isso é necessário para que o aparelho “saia” com a cara da fabricante/operadora, mas com isso vem as limitações.

Se você compra um aparelho você vai querer usar todo o seu potencial (pelo menos eu penso assim) e essas limitações atrapalham isso. Como? Várias opções podem não estar acessível em um celular com ROM Stock (Android que vem no aparelho) e isso é um grande desperdício para muitas pessoas.

Eu comprei, quero do meu jeito!

Android é um sistema livre e você tem total liberdade de pegar o código fonte e modificar, e foi isso que a fabricante fez, modificou o código para se adaptar ao gosto dela. Se você tiver conhecimento suficiente sinta-se a vontade para fazer o download do Android Open Source Project (AOSP) e começar a brincadeira, mas adianto que não será nada fácil ainda mais sozinho. Para quem não quer se arriscar temos a opção de instalar uma custom ROM.

Custom o que?

Custom ROM é o Android já modificado, seja de uma alteração na stock ou a partir da AOSP. Entre as várias custom ROMs as mais notórias são as distribuídas por CyanogenMOD e MIUI, a MIUI tem um projeto brasileiro. Não vou entrar em detalhes sobre as duas, sugiro que procurem as vantagens, desvantagens e escolham qual se adaptam a sua necessidade.

Logo da Cyanogen

Logo da Cyanogen

Existem vantagens e desvantagens em trocar de ROM, vou citar algumas:

Vantagens:

  • Atualizado com mais frequência que a fabricante.
  • Controle total sobre o tema do aparelho
  • Liberação de funções bloqueadas pelo fabricante (roteador, flash da câmera como lanterna, instalar aplicativos no cartão de memoria…)
  • Aumento considerável da performance.
  • Overclocking
Desvantagens:
  • Alguns bugs (que são rapidamente corrigidos)
  • Perda da garantia (você pode voltar a stock ROM e será como se nunca tivesse modificado nada :) )
  • Se errar o processo de instalação poderá ter um brick (seu aparelho vira um lindo e caro peso de papel)
Bom, resumidamente é isso, espero ter sanado algumas duvidas e não criado mais :) .
PS. Se não encontrar no Cyanogen ou MIUI compatibilidade com seu celular, procure no XDA Developers.
Samsung Galaxy Ace

Recomeçando, morte do N95 e celular novo.

1

<off topic> Caramba faz um ano que criei esse blog com o intuito de…é…não me lembro. Pois bem, como não tinha muitos post (5 apenas) eu deletei tudo (falo como se fossem muitos) e agora pretendo realmente começar. Vamos ver no que vai dar, mas fique por aqui, afinal você não tem nada pra fazer mesmo. </off topic>

Acho que foi semana passada que fui obrigado comprei um celular novo, pois o meu guerreiro Nokia N95 morreu depois de árduos três anos na minha mão. Com certeza fui muito satisfeito com ele nesses anos, me serviu muito bem.

Quando o coitado faleceu fui obrigado a usar o Motorola da minha namorada, aí começa o rolo. Não, eu não tenho nada contra a Motorola eu até queria um Milestone ou o Defy. O problema é que eu estava tão acostumado com todos os aplicativos do N95 que a diferença pro celular emprestado foi gritante. Sentia falta de tudo, e isso foi o bastante pra decidir comprar um celular novo no dia seguinte.

Me dirigi a uma loja da Claro, daquelas que você fica trinta minutos esperando atendimento. Pedi um Motorola Defy que eu já tinha visto uns reviews na internet e também queria algo barato para no futuro pegar um tablet (que eu teria se o antigo celular não tivesse estragado me obrigando a comprar um novo). Quando peguei o bichinho na mão não fui com a cara dele, sei lá…não gostei.

Como não tinha mais nada que me interessasse (mentira eu queria o Galaxy SII :( ) fui pra loja da Tim, onde a vendedora, que me atendeu muito bem, me mostrou o Samsung Galaxy Ace e a primeira impressão foi ótima. Bom design, câmera com boa resolução, Android e…chega isso não é um review. E o melhor de tudo por um preço bemmmm bacana.

Moral da história: Comprei o Samsung e estou muito satisfeito…AGORA que instalei uma custom ROM porque a original me deixou bem puto com o aparelho, travando em alguns pontos, lentidão nos menus, jogos e outras frescuras. Mas já resolvi com a ROM não oficial da CyanogenMOD disponibilizada no XDA Developers, que deu uma “tunada” no acezinho.

É isso, vou tentar atualizar aqui frequentemente agora. Amanhã tento faço um post sobre custom ROM, mas por enquanto sugiro esses sites: http://www.xda-developers.com/http://brasildroid.com.br/

Samsung Galaxy Ace

Samsung Galaxy Ace

Go to Top